Um Natal cheio de histórias e magia

Por Malu Poleti - 21 dez 2020 - 7 min

Mais um ano chegou ao fim e, além de Papai Noel, trenós, renas e histórias de Natal, essa também é a época em que mais presenteamos as pessoas, seja porque presentes fazem parte da nossa tradição natalina, seja porque queremos agradecer ou encerrar algum ciclo. Enfim, não importa muito o motivo, o final do ano é sempre um período cheio de presentes.

E, na hora de escolher um presente, mesmo não sabendo ainda o que queremos comprar, temos dois objetivos bem definidos: agradar e não errar na escolha. Conseguir conquistar esses feitos nem sempre é tarefa fácil, ainda mais nos casos em que não conhecemos muito bem a pessoa que vai ser presenteada.

Pensando nisso, decidimos dar um empurrãozinho e vamos ajudá-lo a fazer a escolha do presente ideal, que agrade e seja a escolha certa. E, claro, os protagonistas das nossas dicas só poderiam ser os livros. Mais do que uma boa história, acreditamos que os livros são excelentes escolhas de presente em qualquer época do ano, mas, principalmente, no Natal. Vamos ver por quê?

1. São baratos

Sim, quando comparados com qualquer outro presente, os livros podem, sim, ser considerados uma opção acessível de presente. É possível, por exemplo, encontrar livros a partir de R$ 19,90 (ou até menos que isso se você souber garimpar). Para tal, não se prenda aos lançamentos editoriais – que costumam ser mais caros – e pesquise livrarias com promoções. As promoções são frequentes nessa época.

2. Cabe em todas as idades

Não há limites de idade entre os leitores, ou seja, é possível encontrar o livro ideal para cada faixa etária. E se a sua dificuldade é se encontrar entre os inúmeros títulos disponíveis em uma livraria, procure se orientar pela idade de quem receberá o livro. Tanto nas livrarias físicas quanto nas online é possível encontrar livros seguindo a classificação por idade. Por exemplo, filtre a sua busca por “infantil”, caso procure livros para crianças, ou “Young adult”, caso seu foco sejam os adolescentes.

3. Inspire-se nas suas leituras

Não há nada mais interessante do que um presente carregado de significados, não é mesmo? E os livros nos permitem explorar esses significados de maneira ainda mais evidente, pois é possível escolher um livro cuja história tenha nos marcado de alguma forma. Então, quando começar a sua pesquisa pelos títulos, puxe na sua memória os livros que leu ao longo de sua vida. Tenha em mente, por exemplo, os aspectos mais marcantes de um livro, os pontos que mais chamaram a sua atenção e, claro, pense no que essa leitura poderá acrescentar na vida de quem a receberá. Certamente, o livro escolhido se tornará um presente especial e inesquecível para quem o receber.

4. As pessoas estão lendo mais

Infelizmente, não podemos deixar de lado a pandemia de Covid-19 nessa lista. Mas, calma! Nesse caso, o dado analisado é algo a se levar em consideração de modo otimista, pois, com as mudanças de hábitos em nossas rotinas e, consequentemente, com mais tempo em casa, a leitura passou a figurar entre as atividades que mais cresceram entre os brasileiros em 2020. Pesquisas apontam que as pessoas estão lendo 50% mais do que antes da pandemia. Logo, há um ponto a favor na hora de escolher um livro como presente, já que ele, com certeza, será lido.

5. Toda história é um mundo novo

Ainda com a cabeça na pandemia de Covid-19, vale lembrar que as possibilidades de viajar durante as férias estão um pouco restritas e, com isso, passaremos boa parte do nosso tempo de descanso em casa. Mais uma vez, nada melhor do que escolher um livro de presente para aquela pessoa que ama viajar. Os livros de ficção, como romances, ficção científica, mistérios e até quadrinhos nos proporcionam belíssimas viagens por lugares que nunca visitamos ou que sequer existem. É ou não é um belo jeito de viajar sem sair de casa?

6. Informação nunca é demais

Em tempos de fake news, investir em conhecimento nunca é demais e, por isso, um livro de não ficção pode ser um excelente presente. Além de nos levar para lugares novos como os romances, os livros de não ficção não só nos permitem ampliar o nosso conhecimento, como também nos apresentam novidades. Então, se a sua intenção é colaborar com o desenvolvimento de alguém, foque em livros históricos, biográficos, jornalísticos e até mesmo de outras áreas do conhecimento, como física, ciências sociais e política. A dica para esse tipo de livro é conhecer bem as áreas de interesse da pessoa que o receberá.

7. Cultura é sempre uma boa escolha

Nem só de conhecimento e viagens vive o homem. Há algo tão valioso quanto tudo o que já falamos aqui e que acaba ficando quase invisível aos nossos olhos: a cultura. Em outras palavras, os livros nos proporcionam uma bagagem cultural imensurável. É possível afirmar que a leitura é a porta de entrada para conhecermos outras formas de conhecimento, uma vez que nunca concluímos uma leitura com o conhecimento apenas da história contada. Isto é, a leitura, além de enriquecer nosso vocabulário, nos mostra como as pessoas de um determinado local se relacionam e, quase sempre, nos levam a ter interesse por assuntos narrados de maneira indireta nos livros.

8. Livros que viraram filmes, séries ou novelas

Se, depois de tantas dicas, você ainda acredita que não conseguirá encontrar o livro certo para presentear alguém, lembre-se dos livros que viraram filmes,  séries ou novelas, como Os 13 porquês, O menino e o mundo, Éramos seis, O escaravelho do diabo, entre tantos outros. Dificilmente, as pessoas não se interessarão pelo livro que deu origem ao seu filme ou série preferido, pois há sempre outra história contada. E para saber se o livro é melhor ou pior que a série, será preciso ler a história do início ao fim.

9. Livros podem ser enviados a qualquer lugar do Brasil

Mais uma preocupação que a pandemia de Covid-19 nos trouxe: o distanciamento social. Talvez este seja um Natal realizado via Zoom meetings para a maioria das pessoas e, se este for o seu caso e você não quiser abrir mão de presentear as pessoas que ama, os livros continuam sendo uma boa ideia. Além de acessíveis – como já vimos na dica 1 deste texto –, os livros podem ser facilmente enviados para todo o Brasil e, melhor que isso, é possível encontrar livrarias com fretes gratuitos ou pagar um valor reduzido pelo envio pelos Correios.

10. Não tem como errar

Para fechar essas dicas, não podia deixar de mencionar os vale-presentes. Se depois de todas essas sugestões você ainda não se sentir seguro para escolher um título específico, invista nos vale-presentes disponibilizados pelas livrarias e deixe que a decisão da leitura fique por conta do futuro leitor. Agora ficou ainda mais fácil, não é?

Essas são apenas algumas dicas e esperamos tê-lo ajudado a (re)descobrir o significado da leitura neste Natal. Os livros podem nos proporcionar momentos mágicos e o nosso desejo é levar um pouco dessa magia em cada um dos presentes que você escolher.

Por isso, não importa o que você escolha, há sempre um pouco de magia, esperança, sonhos, amor, dramas, mistérios, investigações, finais felizes e conhecimento na leitura.

Dê livros de presente neste Natal.

Compartilhe:

Malu Poleti

Malu Poleti é editora, ghost-writer e escritora. Acredita que histórias são presentes e, por isso, não imagina um mundo em que os livros também não sejam.

Mais posts do mesmo autor