RENATA PALLOTTINI: UMA HOMENAGEM PÓSTUMA

Por Coletivo Leitor - 21 jul 2021 - 2 min

No último dia 8, nos despedimos da querida Renata Pallottini. Por isso, o Coletivo Leitor presta aqui sua singela homenagem a essa grande mulher.

Renata Monachesi Pallottini nasceu no dia 20 de janeiro de 1931, em São Paulo – mesma cidade onde faleceu aos 90 anos de idade. 

Também em São Paulo graduou-se em Direito pela Faculdade de Direito (USP) e em Filosofia pela PUC. Posteriormente, fez curso de Dramaturgia e Crítica da Escola de Arte Dramática de São Paulo (USP) e cursos de Literatura e Língua Espanhola e de História da Arte, pela Universidad Complutense de Madrid, na Espanha.

Advogou durante algum tempo, mas acabou optando pela Literatura e pelo Magistério. Ministrou cursos em Roma (Itália), na Embaixada do Brasil; na Universidad Autonoma de Barcelona (Espanha); na Universidad de Santiago de Compostela (Espanha); em centros culturais de Lima e Cuzco (Peru), na Escuela Internacional de Cine y TV (Cuba), e na Escola Superior de Educação, em Coimbra (Portugal).

Foi também Diretora da Escola de Arte Dramática (USP), chefe de Departamento e Professora Emérita da Escola de Comunicações e Artes (ECA), na mesma universidade, e Presidente da Comissão Estadual de Teatro, da Secretaria de Estado da Cultura.

Poeta, dramaturga, contista, romancista, ensaísta e tradutora, destacou-se pela intensa atividade na dramaturgia e na tradução, com obras encenadas por criadores assíduos da cena nacional, além de se dedicar à poesia.

Recebeu o Prêmio Pen Clube do Brasil para Poesia, em 1961; o Prêmio Governador de Estado para Teatro, em 1965; no mesmo ano o Prêmio Moliére, de Teatro; o Prêmio Anchieta de Teatro em 1969; a Medalha do Mérito da Câmara Municipal de São Paulo, em 1971; o Prêmio Jabuti de Poesia em 1966 e o Prêmio Cecilia Meirelles de Poesia em 1997, entre outros. Em 2013, tomou posse da 20.ª cadeira da Academia Paulista de Letras.

Pela Editora Scipione, publicou seis clássicos da literatura mundial adaptados para o público infantojuvenil: A moreninhaAmor de perdiçãoIracemaO guaraniRomeu e Julieta e Senhora.

Sentimos muito a sua perda, mas por aqui seguiremos com seu incrível legado!

Compartilhe: