Quando um mundo para, outros mundos nascem

Por Coletivo Leitor - 07 abr 2020 - 7 min

O mundo em que vivemos está passando por uma transformação. Estamos enfrentando um momento singular devido a pandemia da Covid-19 e, com isso, a necessidade de distanciamento social. Por isso, este é o momento de repensarmos nossas ações e decisões, pois, mais que nunca, elas não afetam somente a nós. Vivemos uma pandemia de escala global e contamos com a cooperação de cada um para superá-la.  É a partir desse sentimento de união que o Coletivo Leitor e a SOMOS Educação têm trabalhado para continuar levando ensino de qualidade aos estudantes.   

O Coletivo Leitor e SOMOS Educação 

O Coletivo Leitor faz parte da SOMOS Educação, organização que tem como missão transformar a sociedade por meio da educação. O objetivo do Coletivo Leitor é dar visibilidade aos selos editoriais do grupo SOMOS. E, nesse contexto, nota-se que uma parte do mundo parece ter parado com o fechamento das escolas. É por isso que para as instituições este é um momento delicado e a organização tem trabalhado para garantir o máximo de apoio. 

Buscando apoiar as escolas parceiras, a SOMOS enviou cartilhas de conscientização e prevenção sobre o coronavírus a fim de transmitir informações seguras aos alunos e docentes. O diálogo e a informação também são questões importantes neste momento, pois a ação individual pode impactar o futuro do coletivo. 

Aprendizado virtual: a Plataforma Plurall  

Continuar ensinando em um momento de distanciamento social não é tarefa fácil. Nesse sentido, uma das iniciativas da companhia, a plataforma Plurall, garante que as escolas consigam dar continuidade ao aprendizado dos alunos de forma remota. O mesmo conteúdo que seria ensinado em sala de aula pode ser disponibilizado na plataforma, com as devidas adaptações.  

São as escolas que definem de que forma o conteúdo será entregue aos alunos. Os vídeos podem ser elaborados pelos professores da instituição ou podem utilizar o material disponibilizado na plataforma. Além disso, provas, exercícios, livros didáticos e material de apoio também estão disponíveis em formato digital, assim como relatórios em tempo real do desempenho dos alunos.   

Aproveite nossos materiais 

Aqui no Coletivo Leitor sempre disponibilizamos gratuitamente materiais sobre literatura e ensino. Em nosso blog e em nossa biblioteca de conteúdos você pode acessar artigos, e-books e ferramentas. Reafirmamos nossa posição de valorização da literatura e formação de leitores. 

Além disso, na sessão Nossos Livros é possível ter acesso a uma amostra de todos os livros do acervo. Basta selecionar uma obra e clicar na imagem da capa do livro – a mensagem “Conheça o livro” aparecerá sobre a imagem.  

Diante do atual cenário, a literatura pode ser uma grande aliada, pensando nisso, selecionamos 12 livros e os disponibilizamos na íntegra. Até o final de junho esses livros estarão disponíveis para download gratuito. Você pode baixar e ler o livro por inteiro!  

Livros disponibilizados pelo Coletivo Leitor

Selecionamos algumas dessas obras para você aproveitar durante a quarentena:  

Poemas Completos de Alberto Caeiro, Fernando Pessoa  

Fernando Pessoa é um renomado escritor da língua portuguesa que assina algumas de suas obras com seus heterônimos. Os mais famosos são Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos. Heterônimo é um nome fictício adotado por autores para representar uma identidade ou personalidade imaginária. Nessa obra, Pessoa escreve como Alberto Caeiro, um pastor de ovelhas defensor da simplicidade e do sentimento das coisas como são.  

Uma flor acaso tem beleza?

Tem beleza acaso um fruto?   

Não: têm cor e forma E existência apenas.   

A beleza é o nome de qualquer cousa que não existe  

Que eu dou às cousas em troca do agrado que me dão.   

Não significa nada.   

Então por que digo eu das cousas: são belas? 

(Poemas Completos de Alberto Caeiro, Fernando Pessoa)

Helena, Machado de Assis  

A obra faz parte da primeira fase machadiana. Helena é filha ilegítima do conselheiro Vale e sua última vontade era de tê-la reconhecida pela família. Recebida como intrusa, Helena aos poucos conquista o coração de D. Úrsula e Estácio. A felicidade aparente mascara o olhar melancólico da heroína. Helena esconde uma paixão desiludida e faz passeios misteriosos a um casebre. O que essas visitas matinais escondem? Quem é o amado de Helena?  

O primo Basílio, Lima Barreto  

Obra marcante do Realismo, Primo Basílio expõe a degradação moral da burguesia portuguesa. Nessa obra, Luísa e Jorge estão casados há três anos, moram em uma rua pouco elegante de Lisboa, Jorge é engenheiro e trabalha em um Ministério. Luísa, sonhadora, passa horas lendo romances. Durante uma viagem de Jorge, chega a Lisboa um primo de Luísa, Basílio, que, entediado nessa cidade (para ele, provinciana), deseja ter uma aventura com a prima. A partir dessa tensão desenvolve-se uma história de traição e arrependimento. 

A ilha perdida, Maria José Dupré 

Eduardo e Henrique resolvem se aventurar em uma ilha deserta. Mas a diversão termina quando eles se perdem, e a ilha revela um misterioso habitante, que acaba separando os irmãos. Essa é uma edição especial da obra, feita para leitores iniciantes e faz parte da Coleção Vaga-Lume Júnior.  

Somos melhores juntos

Por ser um momento atípico, em que quase tudo é incerteza e dúvida, não sabemos como será o amanhã, se o distanciamento tornar-se-á isolamento. Podemos conseguir superar essa fase antes do previsto. Todos os dias vemos, ouvimos e lemos notícias de especialistas e médicos nos jornais, redes sociais, canais de notícia. As informações são muitas e a situação às vezes parece desanimadora. 

Precisamos nos lembrar de ter calma. Nesse momento, o trabalho coletivo é importantíssimo. Mais do que nunca, precisamos fazer a nossa parte e incentivar nossos amigos para que façam a sua. As pessoas são fortes, resilientes e, apesar de ser um momento complicado, seremos capazes de sair dele.  

Acesse gratuitamente os materiais do Coletivo Leitor em nossa Biblioteca de Conteúdos:

coletivo-leitor-e-somos-educacao

Foto de capa por Christina Morillo no Pexels

Compartilhe: