Lançamento de livros: encontros reais e imaginários

Lançamento de livros: encontros reais e imaginários

Por Coletivo Leitor - 28 ago 2019 - 5 min

Trabalhando solitariamente na maior parte do tempo, o lançamento de livros é um momento importante na rotina dos escritores. Quando não se resume ao protocolo  burocrático da fila de autógrafos e da pose para fotos, o lançamento propicia o contato direto entre autores e leitores, que pode ser de grande valia. 

Para os leitores, esse contato pode ajudar a desmitificar o ato criador, apresentando o escritor não como um ser de exceção, mas como um homem comum, às voltas com problemas concretos: compor os personagens, dar-lhes um destino, descobrir como eles falam, pensam, agem. 

Para o autor, o encontro também oferece a rara oportunidade de conhecer as expectativas e as impressões dos que o leem, e que muita vezes querem testemunhar pessoalmente o impacto provocado pela leitura.

De todo modo, esse encontro real só se realiza plenamente acompanhado do encontro imaginário com a literatura, que lança mundos no mundo; diverte, instrui, encanta e faz sonhar. Então confira a seguir quatro lançamentos de livros que te convocam desde já para encontros inesquecíveis e enriquecedores.

 

Novos livros de Emily Gravett

Emily Gravett é uma escritora inglesa, formada em Arte. Sua estreia literária ocorreu em 2005, com o livro Wolves, que lhe rendeu dois prêmios de ilustração, o Macmillan d  e o Kate Greenaway, além de um contrato de edição.

De lá pra cá, ela publicou mais de duas dezenas de títulos, muitos dos quais premiados e traduzidos em vários idiomas. Com personagens simpáticos e delicados desenhos, Emily sabe cativar os leitores. Conheça agora seus mais recentes lançamentos no Brasil.

Chapéu fora de moda

Autora: Emily Gravett

Segmento: Literatura infantil

Ano sugerido: 1º e 2º anos

Chapéu Fora de Moda

Chapéu fora de moda conta a história de Beto, um cachorro muito ligado em chapéus. Sua avó havia tricotado para ele quando pequeno uma touquinha que ele adorava. Ele não a tirava da cabeça até que seus amigos começaram a tirar sarro, dizendo que a touca era antiquada, fora de moda. Preocupado com a opinião dos outros, sem querer ser diferente, Beto passa a fazer tudo para se encaixar na moda, trocando de chapéu a todo momento. 

Um dos pontos fortes da obra, traduzida em nove idiomas, é a tematização da ditadura da moda, do padrão único, que apaga as diferenças individuais e força os indivíduos a consumir compulsivamente para  acompanhar as últimas tendências. Assim, a história trabalha o processo de emancipação das pressões sociais, a conquista do direito à singularidade. E o melhor, a autora aborda essas questões de forma leve e com tom engraçado, que vai te arrancar muitas gargalhadas.

 

Tex, o texugo pra lá de organizado

Autora: Emily Gravett

Segmento: Literatura Infantil

Ano sugerido: 1º e 2º anos

Tex o texugo

Outro lançamento recente de Emily Gravett é Tex, o texugo pra lá de organizado. O livro conta a história do texugo Tex, que gosta de manter tudo bem limpo e organizado. Mas a floresta tem a sua própria organização, feita de equilíbrios delicados, que nem sempre é fácil perceber. O desejo de ordem do texugo acaba entrando em conflito com a organização do ecossistema, deflagrando o caos.

O livro nasceu da paixão da autora por texugos, que a levou a  pesquisar os hábitos dessa espécie (habitat, tipo de alimentação, comportamento etc.). Da pesquisa nasceu a ideia de imaginar um texugo que, em determinada circunstância, fica faminto por não conseguir desenterrar as minhocas das quais se alimenta. Esse ponto de partida levou a autora a construir uma narrativa sobre preservação ambiental, na qual o desmatamento é provocado por um desvio de comportamento.

 

Poemas para todos os gostos

Leo Cunha é um escritor mineiro, de Bocaiúva, que já escreveu mais de 60 livros infantojuvenis de diversos gêneros (poesia, conto, crônica e teatro), muitos dos quais premiados. Seu lançamento mais recente é A poesia se faz num pescar de olhos. Deixe-se fisgar pelo anzol desses versos. 

A poesia se faz num pescar de olhos

Autor: Leo Cunha

Segmento: Literatura Infantil

Ano sugerido: 4º ano

A Poeasia se faz num pescar de olhos

O mais novo título de Leo Cunha destina-se  a quem gosta de viajar e brincar com as palavras;  antenado às coisas do mundo e do coração. O livro reúne poemas inéditos e outros que já tinham sido publicados nas obras Poemas lambuzados, de 1999, e Poemas avoados, de 2002. Os poemas novos aparecem ao lado dos antigos, sob  nova roupagem, com as lindas ilustrações de Andrea Ebert.

A obra é uma excelente introdução ao mundo do verso, constituindo  uma ótima oportunidade para rir e se divertir. 

 

História de ninar com Audrey e Don wood

Audrey Wood e Don Wood, juntos, têm escrito e ilustrado livros infantis desde os primeiros anos de seu casamento. O casal Wood vive parte do tempo na Califórnia, na mesma casa retratada nos livros. Eles também moram no Havaí, onde a lua cheia costuma tirá-los de casa e acompanhá-los em caminhadas noturnas ao longo da praia.

A lua cheia na casa sonolenta

Autor: Audrey Wood e Don Wood

Segmento: Literatura Infantil

Ano sugerido: 1° e 2° anos

A lua cheia na casa sonolenta

O livro de Audrey e Don Wood, A casa sonolenta, tem sido adorado por famílias ao longo de gerações. Agora, A lua cheia na casa sonolenta, sua adorável continuação, vai se tornar uma das histórias de ninar favoritas de muita gente — perfeito para uma leitura compartilhada quando a lua está cheia.

Compartilhe: