Como voltar a se apaixonar pela literatura - Coletivo Leitor

Como voltar a se apaixonar pela literatura

Por Coletivo Leitor - 30 jan 2019 - 6 min

Ter contato com livros desde criança não necessariamente cria o hábito da leitura para o resto da vida. Não é raro que, com o passar dos anos, as pessoas façam alguns momentos de pausa em relação à arte. É preciso cultivá-lo.

Isso geralmente acontece por questões rotineiras que acabam ocupando o lugar que antes era do hábito da leitura literária. Por exemplo, o aumento do contato com livros didáticos pode acabar causando uma exaustão nos estudos e o consequente distanciamento do fantástico mundo da literatura.

Mas isso não quer dizer que é necessário deixar de lado os livros didáticos, acadêmicos e de teorias. Uma vez que essas leituras se complementam, é possível afirmar que deixar uma de lado é prejudicial a outra.

Para entendermos melhor as condições que levam algumas pessoas a dar uma pausa na leitura, conversamos com uma jornalista que se distanciou da literatura por um tempo, mas que se apaixonou pelos livros novamente.

Os primeiros contatos com a leitura

Desde a infância, Joelma Santos da Silva se viu imersa no mundo da literatura. Começando por contos infantis, como Barba Azul, ela foi se aproximando cada dia mais da leitura. Com o auxílio da sua mãe e irmãos, ela tinha o hábito de estar em contato com os livros.

“Quando eu era muito pequena, minha irmã mais velha explicava as histórias pra mim e para o meu irmão. Na época existiam aqueles vendedores de porta em porta que levavam enciclopédias, dicionários e um monte de outros livros. Sempre que podia minha mãe comprava, porque acreditava que aquele seria um incentivo importante para nós estudarmos”, conta Joelma.

Depois de um tempo, já capaz de ler sozinha e mais crítica sobre suas preferências literárias, Joelma passou a escolher seus próprios livros. Ela passou também a participar de rodas de leitura já na sua adolescência, momento em que o rock, o movimento punk e os esportes estavam em alta. Assim, essa reunião servia tanto para falar das obras literárias quanto para trocar conhecimentos sobre CDs, revistas, fanzines, entre outras coisas.

Distanciamento e reaproximação da leitura

Acontece que o tempo passa e as responsabilidades vão aumentando, cenário que, para algumas pessoas, torna difícil cultivar o hábito de leitura. Com Joelma foi assim: quando ela precisava conciliar trabalho e estudos, por exemplo, não conseguia e muitas vezes nem tinha ânimo para se dedicar à leitura literária.

Um tempo depois, ela se viu desempregada e a sua vontade de distração era zero. Foi quando notou que não se interessava por mais nada. Outro momento que ela percebeu ser decisivo para seu distanciamento dos livros foi o de uma gestação conciliada com a construção de uma casa.

Todos esses acontecimentos são consequências de fases da vida em que acabamos deixando a rotina e os problemas se transformarem em “donos” dos nossos dias. Justamente quando isso acontece é preciso juntar forças para encontrar uma oportunidade de mergulhar no mundo da literatura. Assim a cabeça consegue fugir das preocupações e focar em estímulos diferentes daqueles que fazem parte do nosso cotidiano.

Ao entrar na faculdade, Joelma precisou retomar o contato com os livros. Nessa ocasião ela tinha um hábito de leitura mais acadêmico, tanto para livros quanto para filmes e documentários alternativos, segundo ela. Foi nesse momento de sua trajetória que ela descobriu os quadrinhos e o mundo geek.

Joelma, que acabara de retomar o contato com a leitura, também passou a ler muito sobre o mundo da maternidade e, assim, encontrou nos livros uma oportunidade de se distrair, de encontrar soluções para suas dúvidas e também uma grande chance de crescer pessoal e profissionalmente.  

O que aprendemos com Joelma

Assim como a jornalista, várias outras pessoas abrem mão da leitura por um determinado tempo da vida. Mas começar a ler ainda criança é uma das maneiras mais eficazes de manter o hábito por mais tempo. Isto é, a partir do momento em que a criança tem contato frequente com os livros e vê o exemplo da leitura partindo de seus responsáveis, é muito mais provável que ela o retome em algum momento.

Os livros têm impacto direto no desenvolvimento pessoal, no enriquecimento do vocabulário e no desenvolvimento da criatividade e da imaginação. Esses benefícios que a leitura traz para crianças, jovens e adultos podem ser mensurados em suas próprias experiências pessoais. Quanto mais um indivíduo percebe que a leitura é benéfica para si, maior o apego em relação a ela.

Dicas para você voltar a se apaixonar pela a leitura

Se a sua história com os livros está passando por um momento de pausa na relação, queremos te ajudar. Para retomar o hábito de ler frequentemente e descobrir novos livros, sugerimos algumas práticas:

1. Descubra do que você realmente gosta

Aventura, romance, poesia, drama, terror ou suspense? Qual é o seu gênero literário preferido? Descobrir as temáticas que mais te agradam vai te ajudar a escolher livros mais atrativos, que têm mais chances de despertar o hábito de leitura.

2. Desligue o Wi-Fi e reserve um tempo para a leitura

As redes sociais não são inimigas. Ainda assim, é necessário um equilíbrio entre a vida on-line e a off-line. Isto é, apesar de serem um ótimo canal de aproximação e conexão, elas podem acabar afastando você de outros prazeres do dia a dia — como a leitura. Por isso, sempre que possível, reserve um tempo para ler e desconecte-se do Wi-Fi.

3. Visite bibliotecas, livrarias e feiras de livros

Estar rodeado por quem aprecia o hábito de ler é uma ótima alternativa para reacender a paixão pela literatura. Por isso, visite locais nos quais você poderá encontrar pessoas para compartilhar conhecimentos, pedir conselhos e até mesmo participar de um círculo de leitura.

Para quem gosta de ler, vale a pena insistir no retorno da prática. Bibliotecas, livrarias e feiras de livros são ótimos lugares para inspirar a busca de uma obra, esta que vai fazer você viajar por realidades desconhecidas e reencontrar o amor pela leitura. Além disso, vagar por portais de literatura on-line também pode te ajudar.

Clique na imagem abaixo e veja todos os livros literários do nosso acervo.

CTA _ Nossos livros

Compartilhe: